Home / Significado dos 64 Hexagramas / Hexagrama 59 – Desapego

Hexagrama 59 – Desapego

 

O Significado do Hexagrama 59 do I Ching 'Desapego'O oráculo

Desapego. Sucesso!
O rei se aproxima do templo.
É favorável atravessar o grande rio.
A persistência no curso correto traz recompensas.

Interpretação

A dissolução – se representar a dispersão do egoísmo que separa – é fonte de sucesso. O egoísmo humano pode ser superado com o auxílio das forças religiosas, quando somos tocados pelo sentimento de devoção, ou ao sermos atravessados pelo sentimento do Eterno.

A imagem do rei que se aproxima do templo pode significar que a realização dos ritos e cerimônias tradicionais, com seus cantos e festividades, promove a consciência da origem comum de todos os seres e o sentimento de amor ao próximo. Esse símbolo também pode ser traduzido como as práticas de interiorização e de meditação que o buscador está convidado a realizar para aprofundar a consciência de si. “A atitude forte e o sacrifício dos pequenos egos são necessários para a recuperação do grande Eu”. (Wu Jyh Cherng)

Comentários antigos acrescentam que “a vantagem de atravessar o grande rio é que resultados concretos podem ser obtidos de montar em madeira”, o que pode, entre outras coisas, simbolizar a naturalidade e a correta flexibilidade.

A correção do propósito e a persistência trazem recompensas ao homem.

Conselho

Os reis da antigüidade construíam templos para fazer sacrifícios ao Senhor Supremo.

Interpretação

O templo é a representação exterior do espaço íntimo no ser humano, no qual o contato tangível com o Divino pode se manifestar. O templo – tanto o interior como o exterior – é o lugar em que a rigidez e o egoísmo são soprados e dissolvidos, dando espaço ao sentimento de fraternidade que desperta durante o rito de adoração da Divindade Suprema.

____________________________________

Linhas móveis

Linha móvel (seis) na primeira posição significa:

Ele traz ajuda com a força de um cavalo.
É importante que a desunião seja vencida logo ao início, antes mesmo que se instale; que as nuvens sejam dissipadas antes de se transformarem em tempestade e chuva.

Em tais épocas, quando estados de ânimo divergentes que permaneciam velados vêm a se manifestar provocando incompreensões mútuas, é necessária uma ação rápida e vigorosa para dissolver esses desentendimentos e desconfianças recíprocos.

Linha móvel (nove) na segunda posição significa:

Durante a dispersão ele corre em direção ao que lhe dá apoio.
O arrependimento desaparece.

Quando um indivíduo descobre em si os primeiros sinais de alienação dos outros, de misantropia e mau humor, deve procurar dissolver esses obstáculos. Deve, o mais rápido possível, se pôr em marcha interiormente, rumo ao que lhe dá apoio. Tal apoio nunca é encontrado no ódio, mas sempre e somente num julgamento moderado e justo dos homens, aliado à benevolência. Quando se recupera essa visão desobstruída da humanidade, dissolvendo-se todo o mau humor irascível, desaparecem todos os motivos para arrependimento.

Linha móvel (seis) na terceira posição significa:

Ele dissolve seu ego.
Nenhum arrependimento.

Em certas circunstâncias o trabalho de um homem pode se tornar tão árduo que não lhe permite mais pensar em si mesmo. Ele precisa deixar de lado qualquer desejo pessoal e dissolver tudo o que o ego reuniu em torno de si como barreira contra os outros. Somente com base em uma grande renúncia é possível reunir a força necessária para realizações importantes. Essa atitude é alcançada apenas quando o homem tem como meta uma tarefa elevada, que transcenda seus interesses próprios.

Linha móvel (seis) na quarta posição significa:

Ele se separa de seu grupo.
Sublime boa fortuna!
Através da dispersão chega-se à acumulação.
Os homens comuns não pensam nisso.

Quando se trabalha numa tarefa que visa ao bem comum, deve-se pôr de lado todas as amizades pessoais. Somente se colocando acima dos interesses partidários poderá realizar uma obra decisiva. Aquele que tem a coragem de renunciar ao que lhe está próximo, conquista o que está distante. Mas para poder entender esse ponto de vista é preciso ter uma visão ampla das inter-relações da vida, a que só homens excepcionais conseguem.

Linha móvel (nove) na quinta posição significa:

Seus fortes gritos dissolvem como o suor.
Dispersão! Um rei permanece sem culpa.

Em épocas de dispersão e separação geral, uma grande idéia funciona como um núcleo em torno do qual se organiza a recuperação. A transpiração libertadora é sinal de que a fase crítica de uma doença está sendo deixada para trás; assim também uma grande e estimulante idéia pode ser a salvação em épocas de impasse. Os homens têm então um ponto de convergência em torno do qual podem se reunir: um governante capaz de dissolver os equívocos.

Linha móvel (nove) na sexta posição significa:

Ele dissolve seu sangue.
Partir, manter-se afastado, sair não envolve culpa.

A dissolução do sangue significa a dispersão do que poderia gerar derramamento de sangue e ferimentos; o mesmo, portanto, que evitar o perigo. Mas a idéia expressa aqui não indica apenas que um homem evite o perigo, e sim que ele procure salvar os seus, ajudando-os a partir antes que o perigo surja, ou mantendo-os afastados de um perigo já existente, ou ainda auxiliando-os a encontrar uma saída para um perigo que já os ameaça. Desse modo ele faz o que é correto.

Sobre Constantino K. Riemma

Constantino K. Riemma
É autor de diversos textos sobre I Ching, Astrologia e Tarô. Trabalha como Terapeuta há 20 anos utilizando estas linguagens simbólicas como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *