Home / Significado dos 64 Hexagramas / Hexagrama 44 – O Encontro

Hexagrama 44 – O Encontro

O Significado do hexagrama 44 do I Ching 'O Encontro'O oráculo

O Encontro. A moça é forte e poderosa.
Não agir impulsivamente. Casar-se.

Interpretação

Trata-se uma situação em que o fraco e o forte se dirigem um ao encontro do outro. Mas se a parte fraca (simbolizada por uma jovem) é ambiciosa e se entrega só para alcançar o poder e se, por sua vez, o forte é condescendente e se permite distrações fáceis, aparentemente inofensivas, a situação pode ser tornar insustentável. O oráculo recomenda, portanto, atenção e retidão para se evitar acontecimentos prejudiciais. Quem investe no perigo, certamente colherá perigo. Resistir ao mal e evitar que ele se alastre – é esse o desafio fundamental que o hexagrama apresenta
Mas nem todo encontro é prejudicial. Quando a força é controlada e utilizada com correção, tudo corre bem no mundo. É do encontro do Céu e da Terra que a existência frutifica e as criaturas se expandem. Quando o dirigente e seu auxiliar encontram um ponto de acordo, os empreendimentos alcançam êxito. Quando o homem e a mulher se dirigem um ao encontro do outro, sem segundas intenções ou propósitos desonestos, as uniões se consumam de acordo.

Conselho

Quando o dirigente dá uma ordem, ela é proclamada pelos quatro cantos.

Interpretação

Para que os encontros desejáveis se realizem, é preciso que a intenção ganhe força para se concretizar. O mesmo acontece com o dirigente que tem a responsabilidade de uma realização coletiva: suas ordens não só devem ser claras e compreensíveis, como também necessitam ser rigorosamente divulgadas para chegarem a todos aqueles que participam do esforço comum.

____________________________________

Linhas móveis

Linha móvel (seis) na primeira posição significa:

É necessário deter com um freio de bronze.
A perseverança traz boa fortuna.
Caso se deixe seguir seu curso, sofrer-se-á infortúnio.
Mesmo o porco magro pode mais tarde
vir a causar estragos.

Quando um elemento inferior surge numa intromissão indevida, é necessário contê-lo de imediato e com energia. Barrando-o com firmeza evitam-se efeitos prejudiciais no futuro. Caso se deixe seguir seu curso, sem dúvida o resultado será o infortúnio. A insignificância do que se intromete não é razão para subestimá-lo. Enquanto um porco é ainda pequeno e magro, não pode causar grandes estragos, mas depois que ele se alimentar e se fortalecer sua verdadeira natureza se revelará, a menos que já tenha sido contida.

Linha móvel (nove) na segunda posição significa:

Há um peixe no tanque. Nenhuma culpa.
Não é favorável aos hóspedes.

O elemento inferior não sofre violência, porém é mantido sob suave controle. Nesse caso nenhum mal há que se deva temer. Mas é preciso ter cuidado para que não entre em contato com estranhos porque, uma vez solto, daria vazão incontrolável às suas tendências destrutivas.

Linha móvel (nove) na terceira posição significa:

Não há pele em suas coxas
e torna-se difícil caminhar.
Caso se permaneça atento ao perigo
não se cometerá grandes erros.

Alguém está tentando se envolver com os maus elementos que se oferecem. Esta é uma situação muito perigosa. Felizmente as circunstâncias o impedem. ele gostaria de fazê-lo mas não pode. Isso gera uma dolorosa indecisão no comportamento. Mas caso ele consiga ver com clareza os perigos que a situação encerra, poderá pelo menos evitar maiores erros.

Linha móvel (nove) na quarta posição significa:

Não há peixe no tanque.
Isso leva ao infortúnio.

Pessoas insignificantes devem ser toleradas de modo a que permaneçam bem dispostas para conosco. Assim poderemos contar com elas quando o necessitarmos. Caso nos afastemos e recusemos fazer concessões, nos voltarão as costas e não estarão disponíveis quando delas necessitarmos. Mas isso ocorreria por nossa própria culpa.

Linha móvel (nove) na quinta posição significa:

Um melão coberto com folhas de chorão:
linhas escondidas.
Então algo lhe cai do céu.

O melão, assim como o peixe, é um símbolo do princípio obscuro. É doce, mas estraga com facilidade; por isso, em geral protegem-no cobrindo com folhas de chorão. Isso indica a situação de um homem elevado e forte, seguro de si, que protege com tolerância os subalternos que estão sob sua responsabilidade. Ele possui em seu interior as linhas firmes da ordem e da beleza, mas não as ostenta. Ele não molesta seus subordinados com ostentações ou advertências cansativas. Ao contrário, os deixa em completa liberdade, confiando firmemente no poder transformador de uma personalidade forte e íntegra. E, atentem! O destino é favorável. os homens inferiores respondem à sua influência e caem em suas mãos como frutos maduros.

Linha móvel (nove) na sexta posição significa:

Ele vai ao encontro arremetendo com os chifres.
Humilhação.
Nenhuma culpa.

Para um homem que se retirou do mundo, o tumulto da vida social muitas vezes se torna insuportável. Há pessoas que num digno sentimento de amor-próprio se mantêm afastadas de tudo o que é baixo, rechaçando-o bruscamente sempre que o encontram. Essas pessoas são criticadas como orgulhosas e inacessíveis, mas como não estão mais presas ao dever de agir no mundo, isso não tem grande importância. Sabem tolerar com tranqüilidade a antipatia das massas.

Sobre Constantino K. Riemma

Constantino K. Riemma
É autor de diversos textos sobre I Ching, Astrologia e Tarô. Trabalha como Terapeuta há 20 anos utilizando estas linguagens simbólicas como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *