Home / Significado dos 64 Hexagramas / Hexagrama 31 – Atração (Comunhão)

Hexagrama 31 – Atração (Comunhão)

O Significado do hexagrama 31 do I Ching 'Atração - Comunhão'

O oráculo

Atração. Sucesso!
A persistência correta traz recompensas.
Tomar uma esposa resultará em boa sorte.

Interpretação

A atração entre os seres envolve sensações e apegos. Ocorre uma mútua influência – e Influência é outro nome dado ao hexagrama – que pode evoluir para o sentimento sutil de comunhão.

Aqui se descrevem os opostos – por exemplo, o homem e a mulher, os teimosos e os alegres – que se unem pela força da atração mútua. Essa união promete boa sorte porque é natural, baseada na simpatia; o mais forte toma a iniciativa e assume a proteção e a sustentação do mais fraco.

Os bons frutos prometidos pelo oráculo dependem da persistência e da correção da conduta. A tranqüilidade interna, em comunhão com a alegria externa, mantém a animação sincera e natural da vida sem excessos e dispersões.

A atração constitui uma lei universal. É da atração amorosa entre o Céu e a Terra que todos os seres vêm a existir. É da atração que os sábios exercem sobre nós que nasce a paz no coração.

Conselho

O homem nobre, por meio do acolhimento, lida com os outros desapegado de egoísmo.

Interpretação

A indicação do Livro é para permanecer interiormente receptivo e livre dos conceitos, recebendo assim as boas influências. Mesmo os sábios acabam desistindo de aconselhar aqueles que julgam saber tudo.

A verdadeira comunhão é natural, sem segundas intenções nem artifícios de sedução. Sair do isolamento e da auto-suficiência abrindo-se à influência do outro alimenta e dá consistência à própria identidade.

____________________________________

Linhas móveis

Linha móvel (seis) na primeira posição significa:

Incitação nos dedos do pé.

Antes que um movimento se realize de fato, manifesta-se primeiro no dedo maior do pé. A idéia da influência está já presente, porém no momento não é aparente para os outros. Enquanto a intenção não produz efeitos visíveis, não tem importância para o mundo externo. Não leva nem ao bem nem ao mal.

Linha móvel (seis) na segunda posição significa:

A influência manifesta-se na altura da tíbia.
Infortúnio. Permanecer traz boa fortuna.

A canela segue o movimento do pé. Por si mesmo não pode nem avançar nem ficar parada. Sendo esse movimento dependente e sem autonomia, traz infortúnio. Deve-se esperar com paciência até que uma influência positiva estimule a ação. Assim se permanece livre de culpa.

Linha móvel (nove) na terceira posição significa:

A incitação se manifesta nas coxas.
Aderir àquilo que segue.
Continuar é humilhante.

Todo estado de ânimo do coração induz a um movimento. As coxas correm sem hesitar em busca do que aspira o coração. Elas se ligam ao coração, ao qual seguem. Em relação à vida humana, entretanto, não é correto agir precipitadamente, sob a influência de cada capricho; quando se torna contínua, essa conduta leva à humilhação. Três idéias são aqui sugeridas; não se deve correr atrás daqueles que se quer influenciar, porém, de acordo com as circunstâncias, é preciso saber se conter. Também não se deve ceder de imediato a todos os caprichos daqueles a quem se serve. E, finalmente, nunca se deve desprezar a possibilidade de conter os estados de ânimo do seu próprio coração, pois esta é a base da liberdade humana.

Linha móvel (nove) na quarta posição significa:

A perseverança traz boa fortuna.
O arrependimento desaparece.
Quando o pensamento de um homem se agita em inquieto vaivém,
só os amigos aos quais dirige seus pensamentos conscientes o seguirão.

O lugar do coração é aqui atingido. O impulso que daí parte é o mais importante. É decisivo que aqui a influência seja constante e benéfica. Então, apesar do perigo decorrente da volubilidade do coração humano, já não haverá motivo para remorso. Quando num homem atua o tranqüilo poder de seu próprio ser, os efeitos serão adequados. Todos os seres que forem perceptivos às vibrações de tal espírito serão então influenciados. A influência sobre os outros não deve manifestar-se como um esforço consciente e intencional para manipulá-los. Devido a essa agitação consciente, o homem entra num estado de excitação e esse contínuo oscilar o esgota. Além disso, os efeitos, nesse caso, se limitariam àqueles aos quais ele dirigisse seus pensamentos conscientes.

Linha móvel (nove) na quinta posição significa:

A atração se manifesta na nuca.
Nenhum arrependimento.

A nuca é a parte mais imóvel do corpo. Quando a influência manifesta-se aqui, a vontade permanece firme, e a influência não perturba, nem confunde. Por essa razão não há motivo para remorso. O que ocorre nas profundezas do ser, no inconsciente, não pode ser provocado nem impedido pelo consciente. Na verdade, não pode influenciar o mundo exterior aquele que é ele próprio insensível à influência.

Linha móvel (seis) na sexta posição significa:

A influência se manifesta no maxilar,
na face e na língua.

A forma mais superficial de querer exercer influência sobre os outros é através da mera tagarelice, quando as palavras são vazias de sentido. Tal estímulo, produzido pela mera movimentação dos órgãos da fala, permanece necessariamente insignificante. Por essa razão o texto não traz qualquer referência à boa ou má fortuna.

Sobre Constantino K. Riemma

Constantino K. Riemma
É autor de diversos textos sobre I Ching, Astrologia e Tarô. Trabalha como Terapeuta há 20 anos utilizando estas linguagens simbólicas como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *