Home / Significado dos 64 Hexagramas / Hexagrama 32 – Perseverança

Hexagrama 32 – Perseverança

O Significado do hexagrama 32 do I Ching 'Perseverança'

O oráculo

Perseverança. Sucesso e ausência de erro.
A perseverança correta traz boa sorte.
É favorável ter um objetivo.

Interpretação

Perseverança, continuidade, constância – é essa a mensagem para os períodos em que somos obrigados a esperar pelas condições adequadas e o momento oportuno. Animados por essas virtudes encontramos força para estudar e planejar as iniciativas futuras, e nenhum obstáculo impedirá nossa caminhada em direção ao objetivo.

É por perdurarem no tempo que os ciclos cósmicos se completam e se renovam. “Sustentados pelo céu, o Sol e a Lua podem brilhar era após era; as quatro estações, com suas transformações constantes, podem produzir seus efeitos durante milênios”. (Blofeld). Graças à persistente duração do vaivém da respiração, a vida se sustenta para o ser humano.

O sábio segue fielmente o modelo cósmico: ele mantém com tal firmeza o seu caminho que transforma o mundo ao seu redor.

Conselho

O homem nobre permanece firme e não altera seu rumo.

Interpretação

É preciso compreender os limites da perseverança, para não se cair na teimosia ou obsessão. Podemos aprender a caminhar de acordo com o tempo e a nos adaptar às condições variáveis do percurso. O que não pode ser abandonado é o desejo de conhecer a verdade que iluminará de modo cada vez mais claro o nosso mundo interno e nossas ações na vida exterior.

____________________________________

Linhas móveis

Linha móvel (seis) na primeira posição significa:

Buscar a duração de modo precipitado
traz persistente infortúnio.
Nada é favorável.

O duradouro só pode ser criado gradualmente, através delongo trabalho e cuidadosa reflexão. Lao-tse comenta a respeito. “Quando se quer comprimir algo, deve-se primeiro deixá-lo expandir-se plenamente”. Aquele que já ao início faz exigências excessivas, está assim se precipitando, e por querer demais, termina não conseguindo nada.

Linha móvel (nove) na segunda posição significa:

O arrependimento desaparece.

Esta é uma situação anormal. A força de caráter de um homem é superior ao poder material de que dispõe. Poder-se-ia temer então que ele se inclinasse a buscar algo acima de suas forças. Mas como esta é a época da duração, ele consegue dominar sua força interna, e evita qualquer excesso. Assim desaparece todo motivo de arrependimento.

Linha móvel (nove) na terceira posição significa:

Aquele que não procura dar duração a seu caráter
sofrerá vergonha.
Persistente humilhação.

Quando alguém se deixa levar por estados de ânimo, de esperança e medo provocados pelo mundo externo, perde a solidez interna de caráter. Esta inconsistência interna conduz invariavelmente a experiências penosas. Tais humilhações vêm muitas vezes de setores inesperados. Não são tanto efeitos produzidos pelo mundo externo, como conseqüências lógicas provocadas pela sua própria natureza.

Linha móvel (nove) na quarta posição significa:

Nenhuma caça no campo.

Para que numa caçada se possa acertar em alguma presa, é necessário proceder-se de modo correto. Quando se insiste em espreitar a caça onde ela não existe, nunca se encontrará nada, por mais que se espere. Numa busca, a insistência não é suficiente. O que não se busca da maneira correta não se encontra.

Linha móvel (seis) na quinta posição significa:

Dar duração a seu próprio caráter através da perseverança
traz boa fortuna para a mulher
e infortúnio para o homem.

A mulher, nos antigos costumes, seguia um homem por toda a sua vida. O homem, entretanto, devia se ater àquilo que era seu dever no momento. Caso ele se deixasse constantemente conduzir pela mulher, cometeria um erro. É portanto correto, para uma mulher aderir, de modo conservador, à tradição. O homem, ao contrário, deve permanecer flexível e adaptável, guiando-se apenas pelo que o seu dever, no momento, exige.

Linha móvel (seis) na sexta posição significa:

A inquietude como condição duradoura traz infortúnio.
Há pessoas que estão constantemente numa movimentação agitada e nunca alcançam a tranqüilidade interior. A inquietude não só impede um aprofundamento interior, mas torna-se na verdade perigosa quando predomina em posições de autoridade.

Sobre Constantino K. Riemma

Constantino K. Riemma
É autor de diversos textos sobre I Ching, Astrologia e Tarô. Trabalha como Terapeuta há 20 anos utilizando estas linguagens simbólicas como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *