Home / Significado dos 64 Hexagramas / Hexagrama 22 – O Ornamento (Embelezar)

Hexagrama 22 – O Ornamento (Embelezar)

O Significado do hexagrama 22 do I Ching 'O Ornamento - Embelezar'

O oráculo

O Ornamento. Sucesso!
Haverá uma pequena vantagem em seguir adiante.

Interpretação

O nome chinês do hexagrama significa igualmente os Reflexos Irisados da Concha, a Graça, Beleza, Elegância, Enfeite, Adornos. Sugere, portanto, tudo aquilo que se acrescenta às normas fundamentais da vida social como excelência estética ou requintes de cortesia e cordialidade.

A própria força luminosa do Sol se modifica com os movimentos graciosos da Lua e das estrelas. As paisagem e as montanhas na terra tornam-se belas em virtude de seus reflexos luminosos.

O oráculo nos alerta, contudo, quanto ao fundamento interior da beleza, para não sermos iludidos pela aparências, pois até a graça dos gestos espontâneos pode se endurecer em posturas ritualizadas. Os ornamentos são acréscimos embelezadores que, no entanto, podem ocultar ou abafar a verdadeira essência. É por essa razão que o Livro adverte que só haverá “uma pequena vantagem”. O sucesso ocorrerá apenas se nenhuma dificuldade ou inconveniente especial estiver envolvido. Neste caso, é importante nos perguntarmos se a nossa verdadeira necessidade não se encontra escondida por trás de desejos passageiros.

Nosso motivo profundo talvez deva ser buscado em outra direção

Conselho

O homem nobre administra com elegância seus assuntos diários, mas não ousa tomar decisões apressadas em questões legais ou controvertidas.

Interpretação

Os gestos elegantes são adequados para dar graça e alegria aos assuntos triviais, de pequena importância. As questões importantes, que envolvem o destino de outras pessoas ou de grupos, devem ser tratadas com a maior seriedade possível.

____________________________________

Linhas móveis

Linha móvel (nove) na primeira posição significa:

Ele embeleza os dedos dos pés,
abandona a carruagem e caminha.

A condição de iniciante e a posição subalterna exigem que a própria pessoa realize um esforço para avançar. Pode haver uma oportunidade para, sub-repticiamente, se facilitar a caminhada – representada pela imagem da carruagem. Mas um homem íntegro despreza tal modo questionável de ajuda. Ele prefere andar a pé, ao invés de andar indevidamente numa carruagem.

Linha móvel (seis) na segunda posição significa:

Ele embeleza a barba em seu queixo.

A barba não é algo independente; só pode mover-se junto com o queixo. A imagem significa então que a forma só deve ser considerada como conseqüência e como atributo do conteúdo. A barba é um adorno supérfluo. Cultivá-la por si só, sem levar em consideração o conteúdo interno ao qual ele serve de ornamento, seria sinal de uma certa frivolidade.

Linha móvel (nove) na terceira posição significa:

Gracioso e úmido.
A perseverança constante traz boa fortuna.

Isso indica uma situação de vida muito agradável. Uma pessoa se encontra envolvida pela beleza e inebriada pelo esplendor. Essa beleza pode, sem dúvida, ornamentar, mas também pode subjugar. Por isso, a advertência para não se deixar mergulhar nessa comodidade inebriada, mas procurar se manter constante em sua perseverança. Disso depende a boa fortuna.

Linha móvel (seis) na quarta posição significa:

Graça ou simplicidade?
Um cavalo branco chega como que voando.
Ele não é um salteador,
deseja cortejar, no momento devido.

Uma pessoa se encontra numa situação de dúvida: deve continuar e procurar a beleza do brilho externo, ou será melhor voltar à simplicidade? A dúvida em si mesma já implica na resposta. Uma confirmação chega do exterior; vem como um cavalo branco alado. O branco indica simplicidade. Mesmo que, num primeiro momento, pareça decepcionante ter de renunciar às comodidades que por outro caminho se poderiam obter, com o tempo encontra-se a paz interior na união verdadeira com o amigo que corteja. O cavalo alado é o símbolo dos pensamentos que transcendem os limites do espaço e do tempo.

Linha móvel (seis) na quinta posição significa:

Embelezar a própria casa e o jardim.
O embrulho de seda é pobre e pequeno.
Humilhação, mas, ao final, boa fortuna.

Alguém se afasta do contato com os homens das regiões baixas, que procuram apenas o luxo e a ostentação, e se volta à solidão das alturas. Ele encontra então uma pessoa a quem pode admirar e a quem gostaria de ter como amigo. Mas os presentes que tem para oferecer são pobres e pequenos e ele se sente então envergonhado. Porém, não é a dádiva externa que importa, mas a sinceridade de sentimento. Por isso tudo acaba bem.

Linha móvel (nove) na sexta posição significa:

Elegância simples.
Nenhuma culpa.

Aqui, no nível mais elevado do desenvolvimento, todo ornamento é descartado. A forma não mais oculta o conteúdo, mas o manifesta em plenitude. A graciosidade suprema não consiste no adorno externo da matéria e sim na simplicidade e adequação da forma.

Sobre Constantino K. Riemma

Constantino K. Riemma
É autor de diversos textos sobre I Ching, Astrologia e Tarô. Trabalha como Terapeuta há 20 anos utilizando estas linguagens simbólicas como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *